História

História, requinte e qualidade máxima nos definem. Carregamos com orgulho o legado de sermos um dos primeiros vinhedos implantados na Serra Catarinense, colecionando premiações Brasil afora. Nossos vinhos, elaborados com tecnologia e trabalho de excelência, destacam por sua excepcional qualidade.

O

milagre do Terroir da Lomba Seca. Uma região privilegiada, palco de um Terroir magnífico. Nossos vinhedos estão estrategicamente localizados na região da Lomba Seca, interior de São Joaquim/SC.

Um local de baixo índice pluviométrico, alta incidência solar e solo propício ao cultivo de cepas especiais.

O pôr do sol, o céu azul e as verdes montanhas formam o conjunto deslumbrante de uma paisagem sem igual. Um ambiente único, de natureza inspiradora e animais raros, como o Leão Baio e o Guaximim.

Um espaço que inspira nos faz sonhar com novos e prósperos projetos. Em breve, uma proposta de alto padrão voltada ao enoturismo integrará o universo Quinta da Neve. Aguarde por muitas novidades.

Curiosidades

Nossos vinhos são elaborados com alta tecnologia e trabalho de excelência, o que resulta em produtos de qualidade excepcional, premiados e reconhecidos no Brasil e no mundo.

Jorge Lucky

Um dos mais respeitados críticos de vinhos do Brasil, colocou o Pinot Noir 2005, da Quinta da Neve, como o único brasileiro entre os 28 melhores vinhos desta variedade do mundo comercializados em nosso país. Nosso vinho entre os Top 10 do mundo, na 6ª colocação.

Concours Mondial de Bruxelles

Nossos Sauvignon Blanc 2011, Pinot Noir 2010 e o corte de Cabernet Sauvignon, Sangiovese e Merlot 2010 foram agraciados com medalha de ouro, neste que é um dos concursos mais importantes do mundo.

Montepulciano e Sauvignon Blanc

Nos últimos anos, estes são os vinhos mais apreciados, ganhando destaque da mídia em geral. Ambos comparáveis aos melhores produtores mundiais destas uvas em qualidade, estrutura, aromas e qualidade em boca.

Expovinis 2009

Nossos Pinot Noir 2006 e Cabernet Sauvignon 2007 foram classificados entre os top 10 da feira.

Cabernet Sauvignon 2006

Escolhido como o melhor entre 27 vinícolas do país, por um júri de 10 especialistas e críticos de vinhos reunidos pela revista Vinho Magazine.

O Pinot Noir da Quinta da Neve

Considerado por muitos enólogos e enófilos como o melhor já produzido no Brasil. É elaborado apenas em anos excepcionais.

Vinhos de
altitude de
Santa Catarina

obtém selo de Indicação Geográfica

Nos altos da Serra Catarinense, na região da Lomba Seca, descobriu-se um terroir extraordinário.

Condições geográficas e climáticas especiais, que permitiram uvas e vinhos de altíssima qualidade.

A Quinta da Neve apresenta a sua safra de excelentes vinhos, elaborados com  amor, conhecimento enológico e alta tecnologia. Clique e conheça as suas características.

 

Os vinhos

Alvarinho

Cor amarelo-palha e aromas típicos de frutas brancas, como pêssego, melão, cítricos e raspas de limão. Expressa toda a característica dessa variedade, de origem portuguesa, produzida no terroir de altitude de Santa Catarina. No paladar é um vinho com excelente frescor, de acidez vibrante e muito equilibrado. Apresenta mineralidade no retrogosto e notas frutadas.

Harmoniza com carnes mais leves, peixes e frutos do mar. Ceviche e comida japonesa são bons exemplos de harmonização.

Consumir entre 8°C e 13°C

Leão Baio

De beleza única e porte imponente, o Leão baio, espécie nativa da Lomba seca, empresta seu nome a este vinho repleto da singularidade de um terroir peculiar e privilegiado. Cor vermelho-rubi intenso com reflexos violáceos. Aromas de frutas de bosque, framboesa, frutas vermelhas em compota, geleia, em harmonia com aromas de baunilha e especiarias provindos da barrica de carvalho francês.

Harmoniza com carnes vermelhas, carnes gordurosas e massas com molhos mais condimentados.

Consumir entre 17°C e 21°C

Montepulciano

Vermelho-rubi intenso com reflexos violáceos. Aromas típicos de frutas de bosque como amora silvestre, mirtilo fresco, figo e frutas cristalizadas, com um leve toque de especiarias marcado por sua passagem em barrica de carvalho francês. Em boca mostra-se encorpado com boa estrutura e taninos marcantes. Retrogosto com notas frutadas e especiarias.

Harmoniza com carnes vermelhas gordurosas ou de caça e massas com molhos mais condimentados.

Consumir entre 18°C e 23°C

Pinot Noir Cuvée de Safras

Corte de safras especiais. De coloração vermelho-rubi, aromas de frutas vermelhas, como morango e framboesa, integrados a outros mais complexos, como funghi, terrosos e figo cristalizado, resultado da passagem em barrica de carvalho francês. No paladar apresenta taninos mais arredondados, muito equilibrado em boca. Retrogosto frutado e complexo.

Harmoniza com carnes vermelhas magras, sopas e massas delicadas.

Consumir entre 15°C e 19°C

Pinot Noir 2020

Lote único de 880 garrafas, safra especial 2020. Cor vermelho-rubi com reflexos violáceos. Aromas de frutas vermelhas, cereja in natura, com toque tostado de chocolate e baunilha, reflexo da passagem em barrica de carvalho francês. No paladar, corpo leve, porém persistente com taninos macios e marcantes, acidez viva e equilibrada. Retrogosto de notas frutadas.

Harmoniza com carnes vermelhas magras, sopas, massas delicadas.

Consumir entre 17°C entre 21 °C

Rosa da Neve

Rosa da Neve é um vinho especial e envolvente que apresenta toda a elegância das uvas cultivadas no terroir  de altitude de Santa Catarina. Apresenta cor rosado leve. Aromas tipicamente frutados de frutas vermelhas, cereja in natura. No paladar é um vinho com excelente frescor e alta persistência em boca, acidez marcante, porém equilibrado. Retrogosto de notas frutadas.

Harmoniza com peixes e frutos do mar crus, marinados ou ao bafo, aperitivos e canapés leves.

Consumir entre 8°C e 13°C

Sangiovese

Vermelho-rubi, com reflexos violáceos. Aromas de frutas vermelhas, como ameixa, morango e leve toque de especiarias marcado por passagem em barrica de carvalho francês. Porém, breve, para permitir maior expressão dos aromas provenientes da uva produzida no terroir de altitude de Santa Catarina, na Lomba Seca. Corpo leve a médio, boa estrutura em boca e muito equilibrado. Taninos macios com notas frutadas.

Harmoniza com carnes vermelhas magras, sopas e massas delicadas.

Consumir entre 16°C e 18°C

Sauvignon Blanc -2021

De cor amarelo-esverdeado, apresenta uma complexidade de aromas de frutas brancas – pêssego fresco, maçã verde –  cítricas, maracujá e um leve toque vegetal típico da Sauvignon Blanc cultivada na altitude da Serra Catarinense. Jovem e refrescante, porém com acidez marcante, intenso, persistente e equilibrado em boca.

Harmoniza com frutos do mar crus, peixes crus (culinária japonesa), ao bafo, canapés leves. Altamente gastronômico.

Consumir entre 10°C e 12°C

Touriga Nacional

Apresenta cor vermelho-rubi intenso com reflexos violáceos. Os aromas são típicos da variedade, de frutas vermelhas, violeta, ameixa, figo, com toque de especiarias e pimenta preta, marcado também por sua passagem de 12 meses em barrica de carvalho francês. No paladar é um vinho encorpado com taninos macios e marcantes, boa estrutura em boca e muito equilibrado. Retrogosto de notas frutadas. Um lote único de uma safra especial, 2020.

Harmoniza com carnes vermelhas, carnes vermelhas gordurosas ou de caça e massas com molhos mais condimentados.

Consumir entre 18°C e 23°C

contato@quintadaneve.com.br

(49) 3233-1123
Rodovia SC 270, Km15, Área Rural
Lomba Seca, São Joaquim – SC

Instagram   

© Quinta da Neve • 2021. Todos os direitos reservados. Desenvolvimento Tatticas